Pintura Epóxi – Piracicaba

Piracicaba é uma cidade do interior de São Paulo bastante rural – menos de 10% do território do município é urbano. Mas apesar do que este dado pode sugerir, a região não tem predomínio da agricultura ou pecuária: Piracicaba é bastante industrial!

O território piracicabense foi uma das primeiras a se industrializar no Brasil, quando as plantações de café e cana-de-açúcar se tornaram menos rentáveis no país. Deste pioneirismo, veio a importância do setor na economia do município, o mais relevante na região.

A industrialização de Piracicaba é diversificada. Há fábricas metalúrgicas, têxteis, mecânicas, de combustível e alimentos. As atividades são fundamentais para a geração de empregos na cidade, e mantém a “roda” do município girando.

Tão importante assim para o centro urbano, é compreensível que o segundo setor sempre busque formas de desenvolvimento do seu trabalho. Inclusive por meio de suas construções, que com os materiais certo podem proporcionar mais espaço, ventilação, iluminação. Por isso, a pintura epóxi é um ótimo recurso ao industrial!

Pintura epóxi: uma aliada da indústria e pequenas reformas

A pintura epóxi é o material ideal para a cobertura do solo e paredes de ambientes industriais. Lisa e impermeável, a tinta permite a manutenção fácil do espaço, uma vez que um aspirador ou mesmo uma enceradeira resolve rapidamente sua limpeza. O recurso também impede o acúmulo de umidade, evitando mofo.

Outra vantagem do uso do material para o ambiente da indústria é sua capacidade antiderrapante. Assim, a prevenção de acidentes é mais intensa.

Simultaneamente, a tintura epóxi garante um aspecto limpo e bonito à fábrica. Isso porque a tinta tem característica brilhante, oferecida pelo seu próprio material de fabricação. Associado a isto, há a capacidade refletora da matéria, que expande a luminosidade oferecida pelas lâmpadas do espaço.

Mas a pintura não é eficiente apenas para a indústria. Ela é bastante comum também em garagens, uma vez que o solo e parede sofrem impactos contínuos dos pneus dos carros. A tinta é menos suscetível a arranhões e defeitos causados pelas queda de objetos ou impactos contínuos.

Outra utilização frequente do material é para a cobertura do solo de hospitais e clínicas médicas, escolas, e para peças de metal, como portões e tambores de ferro.

Até mesmo em casa a epóxi tem uso interessante: ela é perfeita para a cobertura do chão, dando um novo visual ao cômodo! Pintar os azulejos da cozinha ou banheiro é igualmente uma ótima alternativa, e permite cobrir aquele aspecto “amarelado” que as cerâmicas ganham com o tempo. Assim, torna-se desnecessário a quebra de azulejos para reforma: basta cobrir a parede com a tinta, e o aspecto visual torna-se muito mais bonito!

Antes de utilizar do recurso, entretanto, em qualquer ambiente, é interessante contar com a consultoria de um especialista em construção civil. Assim, ele poderá indicar se a pintura é realmente
e melhor alternativa à obra. Afinal, outro recurso semelhante à tinta, o chamado revestimento epóxi, pode ser mais benéfico a situações como nivelar o piso de um espaço. A alternativa, entretanto, não pode ser utilizada em paredes.