Pintura Epóxi BH – Belo Horizonte

A capital mineira, Belo Horizonte, é conhecida como “capital nacional dos botecos”. No município, há mais bares per capita do que em qualquer outra grande cidade brasileira! Mas não é só dessa fama que vive a “terra do pão de queijo”: BH é conhecida por seus museus, como o Museu de Ciências Naturais da PUC Minas; pelo Circuito Cultural Praça da Liberdade, ponto de encontro de diversas exposições de arte; e, claro, pelo Conjunto Arquitetônico da Pampulha, cheio de belas obras de Oscar Niemeyer. O conjunto foi planejado sob a encomenda do então prefeito Juscelino Kubitschek.

Cercado por morros, serras e baixadas, o município é também uma referência da história tupiniquim. Toda esta beleza e atrativos, cada vez mais, despertam a curiosidade do país, e ainda de novos moradores. O fenômeno, no entanto, não é recente – a cidade chegou a mais de um milhão de habitantes em menos de setenta anos de fundação (em 1967).

Mas não só apenas na arquitetura da metrópole, e dos atrativos culturais, há beleza em Belo Horizonte. Dentro das casas, e até mesmo indústrias, há espaços que chamam a atenção, pelo “simples” uso da pintura epóxi!

Pintura epóxi: bela e prática

A pintura epóxi é um tipo de tinta com características específicas. Ela oferece uma cobertura uniforme e com brilho intenso, o que torna seu visual atrativo e cheio de reflexos do ambiente. A facilidade de limpeza e manutenção do solo coberto pela pintura é destacável, uma vez que a área lisa permite o fácil deslizamento de aspiradores ou da água, no caso de uma limpeza mais primorosa.

Por isso, a tinta epóxi se faz perfeita para utilização no solo de hospitais e clínicas, para o chão de indústrias e pisos de quadras esportivas e garagens. Chapas de aço ou ferro também podem ser cobertas com a pintura.

Outra extensão que ganha, tanto na facilidade de limpeza, quanto na beleza da superfície, são azulejos de cozinhas e banheiros. Com as diversas opções de cores do material, é possível dar “uma nova cara” ao cômodo, sem que seja preciso grandes gastos. O acabamento dá ao espaço uma aparência de recém construído, e ainda evita a formação de pontos mofados ou acúmulo de umidade, já que a pintura é impermeável.

A aplicação da textura é também simples e prática, e seu tempo de secagem é bastante rápido. Assim, o comum cheiro forte de tinta, que afasta as pessoas dos cômodos, se dissipa logo.

Para quem, por outro lado, ainda prefere um tipo de acabamento mais discreto, é possível encontrar pinturas epóxi sem brilho.

Adicionada à esta possibilidade, é possível acrescentar também o revestimento epóxi. Com características muito semelhantes à pintura, de brilho e impermeabilidade, o revestimento acrescenta ao solo alguns centímetros, o que nivela o piso. Desta forma, imperfeições e depressões tornam-se bem acabadas. Neste caso, entretanto, a preparação do solo deve ser mais primorosa. Como acrescenta um “novo piso”, o tempo de secagem do produto ainda é um pouco maior – são sete dias até que ele esteja preparado para receber o peso dos móveis e transeuntes. A espera, contudo, vale à pena, inclusive pela durabilidade do artigo.