Piso para área externa

Se você está procurando um piso ideal para áreas externas que possuem as seguintes características: antiderrapante, bonito, rápido e acima de tudo, barato. Você acaba de encontrar.

Você está lá na piscina, aproveitando o sol forte, refrescando-se tranquilamente até que resolve sair. Mas é só botar o pé no chão que logo você dispara numa corrida apressada até algum ponto de sombra, tudo isso para evitar fritar os pés no chão pelando. Esse tipo de situação acontece quando não se leva em consideração o tipo de piso que irá ser colocado ao redor da piscina ou em alguma área externa e escolhe-se qualquer um, seja por desinformação ou por economia.

Contudo, os problemas que podem decorrer de tal decisão são queimaduras e até acidentes. Afinal, correr ao redor da piscina não é algo recomendado, já que é um local úmido e escorregões podem ocorrer. E quem mais sofre com isso são as crianças.

Para evitar esses tipos de problemas, surge no mercado o piso fulget resinado. Ele é uma nova tecnologia capaz de seguir várias diretrizes e você pode usar em diversas áreas externas, e inclusive em áreas de piscinas. Então, se você planeja construir uma piscina ou dar aquela reformada na garagem, porém esta na dúvida de qual o melhor tipo de piso externo usar, ou se apenas quer se informar mais sobre eles, saiba que o piso fulget é uma das melhores opções existentes no mercado hoje em dia. É importante destacar algumas das características principais a serem avaliadas na hora da escolha do piso. São elas:

Durabilidade: os pisos devem resistir bem ao clima, uso e tempo, evitando que sejam trocados com frequência ou que rachem e deixem partes salientes. Essas partes podem cortar ou machucar pessoas, seja por alguém passar descalço e pisar nelas ou por simplesmente apoiar as mãos em cima quando for sair da piscina. As possibilidades de acidentes nesse caso são altas;

Antiderrapante: o problema mais comum de locais úmidos é a possibilidade de se escorregar, levando um tombo. Isso ocorre principalmente com crianças que gostam de brincar e correr na borda das piscinas para realizar saltos. Por isso, os pisos devem ser porosos, irregulares ou possuir um material que gere mais atrito, diminuindo assim a possibilidade de deslizar por sobre sua superfície. E isso se torna ainda mais importante em locais com desníveis, para o tombo não ser maior, ou evitar que a pessoa escorregue ao descer uma pequena elevação;

Fácil limpeza: é importante que o material dos pisos permita que se realize a limpeza deles mais facilmente. Como piscinas são locais úmidos, a probabilidade de se desenvolver bactérias, fungos e outros micro-organismos no chão é alta, por isso é necessário de limpeza adequada, até mesmo para evitar que o chão encarda e fique com aspecto envelhecido;

–  Firmeza: o material do piso escolhido precisa ter boa aderência com a argamassa e outras substâncias que serão usadas para assentá-lo sobre o chão. Caso contrário, ele poderá descolar e provocar acidentes ou aumentar os gastos com manutenção. Também precisa se dar bem com os impermeabilizantes;

Atérmico: os pisos não devem reter calor, evitando que as pessoas queimes os pés ou outras partes dos corpos ao tocarem neles. O mesmo ocorre com o frio, pois é bem chato sair de uma água morna e pisar num piso gelado, ainda mais num dia frio. Às vezes, até desanima de entrar na piscina ao tocar num piso assim, mesmo que a água esteja quente.

Já ouviu falar do Piso Fulget? Pois bem, é um piso totalmente indicado para áreas externas, pois possui uma superfície completamente antiderrapante, ideal também para áreas de piscinas.

Veja abaixo algumas fotos do Piso Fulget;

fulget

SONY DSC

Fulget Resinado 01

Fulget Resinado 07

Fulget Resinado 06

 

Piso para área externa
4.7 (93.33%) 3 votes