Piso Industrial em Itatiba

A cidade de Itatiba se localiza na região metropolitana de Campinas, na direção noroeste em relação a capital, São Paulo (localizada a 80 quilômetros de distância). A cidade conta com uma população de aproximadamente 114.912 habitantes e também é conhecida pela alcunha “Princesa da Colina”, graças ao seu relevo extremamente acidentado.

A cidade conta com uma forte indústria têxtil, metalúrgica, química e uma indústria tecnológica de alto nível e de ponta. De acordo com a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro, a cidade é considerada a terceira cidade com a melhor qualidade de vida do Brasil, sendo que seu índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal acima de 0.9, sendo de 0.9276.

Apresentando uma diversificada indústria do ramo moveleiro a cidade é conhecida como a Capital Brasileira do Móvel Colonial. Porém, hoje em dia muitas outras indústrias estão localizadas na região e produzindo uma diversa modalidade de móveis.

Além das indústrias de móveis, outras indústrias de renome estão localizadas na cidade, podemos citar Nívea, BorgWarner, Valeo, Bobst, Kromberg & Schubert, e muitas outras. Apesar dessa diversificada indústria, a cidade é a maior produtora de vagem do país.

Fazendo parte do Polo Turístico do Circuito das Frutas, ela é a cidade do caqui, sendo que as principais frutas encontradas no município são: caqui, maracujá, uva, figo, goiaba, morango, pêssego, acerola e outras.

Outras cidades

Piso Industrial e Construção Civil

É muito fácil perceber a relação entre piso industrial com outras áreas da construção civil, mostrando que nem sempre um projeto que irá fornecer o máximo de informações possíveis poderá ser considerado um projeto ideal. Isso acontece porque apesar de fornecer todas as informações possíveis um bom projeto de pavimentação industrial é influenciado pela demanda, condições técnicas, eficiência da utilização do piso, além da viabilidade financeira e da durabilidade prevista.

Assim a execução do piso industrial acontece através de propriedade que determinam o comportamento estrutural de todo o seu conjunto, bem como dos componentes os quais são os seus formadores.

Portanto, entender os diferentes processos de formação de um piso industrial é crucial para que o projeto atenda aquilo que é pedido, se tornando funcional e em comunhão com o resto das funcionalidades de sua indústria.

Desempenho do piso industrial

O desempenho de um piso industrial passa por operações criteriosas visando o não comprometimento de seu desempenho, mesmo que o pavimento seja feito com a melhor material, com a melhor qualidade possível em suas placas de concreto. Ainda assim é necessário considerar como a fundação será executada, quais serão os serviços que a camada do subleito irá receber, bem como as mudanças na sua sub-base e na barreira de vapor.

1) Subleito

O subleito deverá se apresentar de uma forma uniforme por toda a sua extensão. Isso deverá ser feito durante o processo de terraplenagem, a qual irá conferir homogeneidade ao solo.

Essa homogeneidade deverá ter uma atenção especial quando falamos nas áreas onde estão as fundações do edifício e as galerias de drenagem, de modo que essas seções devem recompor adequadamente o solo local, mantendo suas características anteriores, evitando que aconteça futuros problemas.

2) Sub-Base

A sub-base será implementada logo após a compactação do subleito, utilizando um material específico, sempre seguindo as normas. Portanto o lançamento do material deve ser feito uniformemente ao longo do pavimento e sempre respeitando a espessura prevista no projeto.

3) Barreira de Vapor

É a camada que é colocada entre a sub-base e as placas de concreto, sendo que ela atuará como uma camada de deslizamento, a qual evita a consolidação estrutural das camadas. Também conhecido como placas não-aderidas, essa camada apresenta uma boa condição de movimentação devido às variações de comprimento originadas da dilatação e retração térmica do piso de concreto.

4) Concretagem

São os elementos estruturais de maior relevância dentro de um projeto de pavimentação industrial. Afinal de contas essa camada irá receber e absorver todo o carregamento, sendo responsável por transmiti-lo às camadas inferiores.

A espessura da placa deverá obedecer a um intervalo subdividido em cindo etapas: procução e transporte, lançamento, adensamento, acabamento superficial e cura. Essas subdivisões precisam ser bem desenvolvidas para que a execução do planejamento se processe adequadamente.

5) Fibra Sintética

Quando pensamos nos especialistas em pisos industriais, logo pensamos na capacidade em se especificar quanto o concreto resistirá a tração e a flexão, espessura do piso e dosagem da fibra.

Quando tratamos das fibras, o projetista deverá ter em mente quais são as curvas médias de deflexão, a partir de um ensaio de tração x flexão. A colocação de fibras juntamente com o cimento, aprimora as propriedades mecânicas do concreto, sendo que elas são de grande auxílio à tenacidade, resistência à fadiga, resistência ao impacto, uma vez que elas atuam como uma ponte de transferência de tensões através das fissuras, ajudando na propagação e expansão.

Dessa maneira no que diz respeito à concepção da obra, o projeto deverá ser desenvolvido visando atender à solicitação do cliente e mostrando as melhores relações que podem ser encontradas para atender a satisfação do industrial.

Geralmente, o detalhamento de um projeto de pavimentação não é uma tarefa simples e deve ser feita por profissionais qualificados e especialistas na função, uma vez que o dimensionamento do piso é um estudo complexo e que demanda conhecimento específico, passando pelo entendimento das estruturas de concreto, como deve ser feito a fundação e pavimentação, além de empregar a melhor qualidade de material, sem comprometer o orçamento.

A tecnologia empregada na pavimentação industrial é extremamente dinâmica e rápida, novos materiais, novos tipos de estruturas, o controle de qualidade vem sendo aprimorado a todo instante, uma vez que hoje em dia o empresário que não se importar com um piso industrial de qualidade poderá sofrer com atrasos em sua produção ou até paralização total.

Os incrementos tecnológicos andam lado a lado com o avanço do setor civil e do setor industrial, proporcionando os melhores serviços e a melhor qualidade de material, bem como profissionais qualificados e especializados para melhor atender e tirar as dúvidas sobre qual será o melhor projeto a ser aplicado em sua empresa.